Movimento Pró-Democracia

Nossas lutas: * Conscientização Política da População * Instrução dos Direitos e Deveres do Cidadão * Fiscalização dos Processos Eleitorais

2 de abr de 2009

CMRJ - 48 funcionários, por vereador!!!

Manter a Câmara Municipal do Rio de Janeiro com seus 51 vereadores custou R$ 320 milhões em 2008 ao contribuinte carioca. Cada vereador conta, atualmente, com 48 funcionários para ajudar no trabalho. Com base nisso, a vereadora Andréa Gouveia (PSDB) denunciou um suposto excesso nas contratações da Casa.

O presidente da Câmara, Jorge Felippe (PMDB), anunciou nesta quinta-feira (2) a contratação de técnicos da Coordenação dos Programas de Pós-graduação de Engenharia (Coppe), da UFRJ, para fazer um levantamento e apontar se existe excesso nas contratações de funcionários.

“Nós estamos fazendo uma análise minuciosa do quadro de funcionários da Câmara de Vereadores pra ver qual caminho vamos adotar para termos economia com um serviço de qualidade”, disse.

São 2.451 funcionários, entre os que prestaram concurso, os indicados pelos vereadores, os cedidos por outros órgãos e os terceirizados. Em São Paulo, por exemplo, são 1.831 profissionais no total - 33 para cada um dos 55 vereadores paulistanos.

De acordo com a vereadora Andréa Gouveia, o excesso nas contratações de funcionários significa um custo maior para os moradores do Rio. Ela afirmou, ainda, que a Câmara gasta R$230 milhões só com o pessoal, 70% de todo o orçamento.

Em São Paulo, o custo é de R$50 milhões, incluindo verba de gabinete usada para pagar assessores, o que corresponde menos de 16% dos recursos da Câmara.

Departamento de engenharia tem 93 funcionários
Só no departamento de engenharia e manutenção são 93 funcionários, mas parece que não é suficiente para manter o prédio em boas condições. No edifício anexo ao Palácio Pedro Ernesto, onde funciona a Câmara, buracos no piso dos corredores e dentro dos gabinetes, fios soltos e elevadores em péssimo estado.

No subsolo, onde ficam as salas de manutenção, há poucos funcionários, que reclamam da quantidade de trabalho.

“Uma Câmara que tem R$320 milhões de orçamento por ano, é muito dinheiro. O que acontece é que não tem nem recursos pra dar uma infraestrutura decente de trabalho para os próprios vereadores. Essa casa está em péssimo estado físico”, completou a vereadora Andréa Gouveia.




http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,MUL1071167-5606,00.html

2 comentários:

Matheus Castro disse...

muito bom o post Falso Anjo!

Laguardia disse...

Amigos.
Não sou jornalista nem escrevo bem.
Sou aposentado, recebendo do INSS e tendo o IR descontado na fonte. Não recebo as benesses de nosso apedeuta mor que tem pensão do INSS acima do máximo, isento de Imposto de Renda por se achar perseguido político, ou melhor, por se anistiado político.
Luto com as armas que tenho que é um blog, como forma de desabafar ao ver tanta roubalheira, falta de ética, falta de honestidade e principalmente falta de vergonha na cara desta quadrilha que tomou de assalto o Palácio do Planalto.
Quero convidar os amigos a participarem da minha forma de protesto, o blog Brasil – Liberdade e Democracia - http://brasillivreedemocrata.blogspot.com/.
Se não levantarmos nossas vozes em protesto o que será deste país para nossos filhos e netos?
Agora é a hora de lutarmos por uma pátria livre democrática, e sobre todo com governantes honestos e éticos.