Movimento Pró-Democracia

Nossas lutas: * Conscientização Política da População * Instrução dos Direitos e Deveres do Cidadão * Fiscalização dos Processos Eleitorais

25 de dez de 2010

ATO Contra o Aumento Salarial dos Parlamentares

Abaixo coloco o texto do movimento "Contra o Aumento Salarial dos Parlamentares".
Acredito que seja do interesse de todos nós, cidadãos desse Brasil.

"Em forma de protesto, nos colocamos contrários à aprovação no Congresso Nacional do aumento salarial dos parlamentares, ministros e presidente/vice para R$ 26,7 mil, um reajuste estrondoso, superior à inflação e a qualquer aumento de salário mínimo. Foi aprovado dia 15/12 na Câmara e no Senado com anormal rapidez, não cabendo o veto do presidente por ser decreto legislativo. Vamos nos unir, a intenção é nobre. Mostremos a força, a inteligência e a indignação de nossa população! A situação tem ido longe demais!

BASTA! AUMENTO NÃO! FIM AO EXCESSO DE BENEFÍCIOS!


http://twitter.com/contraoaumento


Somos poucos, mas crescemos muito em pouco tempo. Divulge a comunidade para que alcançemos grande número e tenhamos mais força em nossa voz, até conquistarmos o apoio da imprensa! Não vamos desistir!


27/12 EM TODO O BRASIL
Faça parte deste movimento!"


Aqui no Rio de Janeiro o protesto se iniciará as 14:00.
A concentração ocorrerá na Candelária.


LEVEM CARTAZES, LATAS, CHOCALHOS, MARACÁS E QUALQUER OUTRA COISA QUE FAÇA BARULHO

Imprima a Lista com várias cópias possíveis dos que votaram SIM E NÃO (em colorido de preferencia) : Link da planilha em google docs



Divulguem o evento no FaceBook: Contra o Aumento Salarial dos Parlamentares
E também a comunidade no orkut: Contra o Aumento Salarial dos Parlamentares

VAMOS UNIR NOSSAS FORÇAS, DIVULGUEM, ENVIE ESSA MENSAGEM A TODOS SEUS AMIGOS ATRAVÉS DE TODAS AS FERRAMENTAS POSSÍVEIS

Abaixo, o local da concentração para as 14:00


View Larger Map

O local de origem visto pelo google maps


View Larger Map

A rota de trajetória


View Larger Map

Abaixo, o local de destino


View Larger Map

0 comentários: