Movimento Pró-Democracia

Nossas lutas: * Conscientização Política da População * Instrução dos Direitos e Deveres do Cidadão * Fiscalização dos Processos Eleitorais

7 de jun de 2011

Serasa: pedidos de falência sobem para 168 em maio



O número de falências requeridas no Brasil cresceu de 133 em abril para 168 em maio, de acordo com pesquisa divulgada hoje pela Serasa Experian, empresa especializada em análise de crédito. A quantidade de falências solicitadas em maio também subiu em comparação com o mesmo mês de 2010, quando o número foi de 160. Dos 168 pedidos feitos em maio deste ano, 105 partiram de micro e pequenas empresas, 38 de médias e 25 de grandes companhias.
No acumulado dos cinco primeiros meses de 2011, o número de falências requeridas atingiu 738 - um patamar inferior aos 790 alcançados no mesmo período de 2010. De acordo com a pesquisa da Serasa Experian, as falências decretadas cresceram de 50 em abril para 53 em maio deste ano. No acumulado dos cinco primeiros meses de 2011, o número de falências decretadas foi de 261, bem abaixo das 336 registradas no mesmo período do ano anterior.
Por fim, o número de recuperações judiciais requeridas subiu de 44 em abril para 51 em maio deste ano. No acumulado dos cinco primeiros meses de 2011, o número de requisições chegou a 198, resultado maior que no mesmo período de 2010, quando foi de 165.
Avaliação
Os economistas da Serasa Experian avaliam que o aumento dos requerimentos de falência entre abril e maio deste ano pode ser explicado pela desaceleração da oferta de crédito e pelo desaquecimento gradual da atividade econômica no País. A instituição lembra que esses dois fatores são resultados da política monetária restritiva adotada pelo governo federal para controlar a inflação. Além disso, o maior número de dias úteis em maio em relação ao mês anterior contribuiu para a elevação das estatísticas.
A Serasa Experian diz ainda que a perspectiva de novas elevações na taxa de juros também pode causar mais dificuldades para as empresas dependentes do capital de terceiros, com estoques altos e com grande capacidade ociosa.

Fonte: Paraná Online

Será que teremos uma reforma tributária ...
Uma crise está por vir...

0 comentários: