Movimento Pró-Democracia

Nossas lutas: * Conscientização Política da População * Instrução dos Direitos e Deveres do Cidadão * Fiscalização dos Processos Eleitorais

1 de mar de 2010

Feliz aniversá-RIO (???)



Era uma vez, um lugar muito bonito. Onde os pássaros voavam, as frutas eram gostosas, os índios eram valentes guerreiros, a mata era abrangente, os rios caudalosos, mas limpos e, todos eram felizes. Me pergunto: como, em 445 anos, as coisas mudaram tanto, no 'seio do mar'?

Os pássaros são capturados para serem vendidos à mecenas estrangeiros, as frutas apodrecem no CEASA e são jogadas no lixo, os índios sumiram e foram substituidos por habitantes preguiçosos, covardes e mesquinhos, a mata foi sangrada pela ambição do homem, os rios se tornaram depósitos de corpos e de sujeira em geral, e ninguém (ou quase ninguém) atualmente é feliz.

O que vemos atualmente é o topo do iceberg imundo de, como se destruir a alma, a cidade e os habitantes, em um processo de degradação moral, tão abrangente e tão colossal, em poucos anos. Tantos mandos e desmandos megalomaníacos, que fariam Nero pedir conselhos. Pessoas comuns, que pela prepotência, pelo nariz empinado tornaram essa cidade, um 'péssimo-ótimo lugar' para se viver. Ou seria, para se vegetar?

Observo da janela dos ônibus, o Rio é uma cidade caótica, onde o cinza tomou conta da terra. O cheiro da floresta, é apenas em alguns lugares distantes. Agora, sinto o cheiro da poluição, do fedor de agua podre. Crianças de almas perdidas, que correm para lugar algum, buscando não se sabe o que... Pessoas que te encaram, não com o sorriso sincero, mas, com uma risada amarela, e medrosa, que por certos traumas, colocam na cabeça, que todos são inimigos, ou, que a pessoa é uma 'face da morte', sedenta por ceifar pessoas inocentes.

Neste reino, quem apronta é endeusado, quem é honesto, paga o pato. Quem é invasor, tem poder, quem é pajé, quem é sábio, não é ouvido. Pelo contrário, é taxado de 'démodé', imbecil, ultrapassado. E, os pobres índiozinhos, não seguem os ensinamentos dos mais velhos. Seguem os 'caramurus', com suas armas e fuzis que, não cospem apenas fogo, mas cospem morte, centenas de vezes por minuto.

O 'Deus de pedra', mira o 'adiante', sem acreditar no que se mudou. Mas, ele está há apenas 80 anos ali, perdeu toda a parte boa. Só pegou a parte pífia, maquiavélica, mas está mesmo assim pagando por isso. Até a chuva poluida, está fazendo os seus 'cabelos' caírem. 'Vê' com incredulidade e, tristeza em seus olhos de pedra-sabão, ao seu futuro sendo consumido em ondas psicodélicas, e o sangue indo parar no mar que defende e contempla.

O que eu posso desejar, aos cariocas, em seu aniversário? Sinceramente não sei. Peço talvez, reflexão. Nesta terra, em que antigamente 'em se plantando tudo se dava', hoje a realidade é bem diferente, 'em se plantando, 99% já tem dono'. Que se tenha misericórdia 'dessa gente careta e covarde' e, que se peça piedade e por que não 'grandeza e um pouco de coragem', mas neste caso, se precisa de muito dessas duas coisas.

Feliz aniversá-RIO.

Retirado do blog Mente Euskera Maldita: http://mente-euskera-maldita.blogspot.com/2010/03/feliz-aniversa-rio.html 

0 comentários: