Movimento Pró-Democracia

Nossas lutas: * Conscientização Política da População * Instrução dos Direitos e Deveres do Cidadão * Fiscalização dos Processos Eleitorais

11 de mai de 2011

Câmara Municipal defende novos carros de vereadores, e diz que serão instrumento de trabalho.


Banco de couro para estarem mais próximos do povo

RIO - A Mesa Diretora da Câmara Municipal do Rio divulgou nota, na tarde desta terça-feira, sobre a aquisição de veículos oficiais para os vereadores da cidade. Segundo a nota, os veículos, que custarão aos cofres públicos R$ 3,1 milhões de reais, serão usados como instrumento de trabalho "junto à população que representa, comparecendo diária e permanentemente a visitas comunitárias, audiências públicas regionalizadas, debates, palestras, visitas e fiscalização de órgãos públicos municipais, além de outras ações externas". (Porque não vão de ônibus usando o bilhete único?) Ainda de acordo com a nota, por decisão do colegiado, está em fase de implementação o Projeto Câmara Itinerante que aproximará mais todas as 22 comissões permanentes Câmara do Rio da população, semanalmente, em cada uma das áreas de planejamento da cidade, prestando, desta forma, serviço de melhor qualidade.

A compra dos veículos foi decidida pela Mesa Diretora, que ressuscitou um benefício extinto há 20 anos. A regalia fora suspensa por determinada da ex-presidente Regina Gordilho, como parte de uma política de austeridade. O retorno da frota ocorre pouco mais de um ano depois de o presidente Jorge Felippe (PMDB) ter anunciado que a Casa precisava apertar os cintos para economizar mais de R$ 70 milhões por ano.

Os vereadores terão direito ao novo Jetta modelo 2012 da Volkswagen (R$ 69.178,20 a unidade, já com desconto de fábrica). Os carros vêm com câmbio automático e bancos de couro sintético. Os quatro primeiros veículos, de um total de 43, devem chegar esta semana e ser distribuídos por sorteio. O Legislativo tem 51 cadeiras, mas seis vereadores abriram mão da regalia e dois deles não podem usufruir dos carros por estarem presos: Luiz André Deco , acusado de chefiar uma milícias em Jacarepaguá, e Fausto Alves , suspeito de homicídio.


DETALHES DA NOVA FROTA:

- O Jetta do Vereadores será o Comfortline, o veículo é apontado como o sucessor do Bora no mercado. Está equipado com: Motor 2.0 de 4 válvulas, 4 airbags, freios ABS, rodas de liga leve, sensor de estacionamento traseiro e dianteiro, faróis de neblina, CD player com MP3, bluetooth e direção hidráulica, os bancos serão de couro sintéticos, e o carro é bicombustível.

Quem vai receber: A mesa diretora anunciou a compra de 43 carros, 6 vereadores desistiram oficialmente e 2 vereadores por estarem presos não terão direito ao benefício.

CUSTOS:

- Cada carro vale no mercado R$ 69.178,20 custando aos cofres públicos R$ 3,1 milhões de reais.
- Cada Vereador já tem uma cota de mil litros de combustível por mês. Esse total é suficiente para percorrer 12 mil Km (considerando-se um consumo médio de 12km por litro)
- Exemplo: Elton Babu é o que mora mais longe da Câmara, por dia percorre cerca de 140 km. Os mil litros permitiram 85 viagens de ida e volta. Levando-se em conta apenas os dias úteis, seriam 3.080 km, o equivalente a 256,7 litros de consumo, sobrariam 743,3 litros para as atividades parlamentares (acho que dá e sobra né?)

OUTROS BENEFÍCIOS DO VEREADORES:

- Assessores de confiança: Até 28
- Cotas de selos: Até 3.000 por mês
- Subsídio: R$ 15.031,00
- Auxílio paletó (podem acreditar é verdade): Um subsídio a mais por ano.

Saiba quais são os vereadores que fazem questão de carro oficial no Rio

Publicada em 11/05/2011 às 00h02m


Quem abre mão: Andrea Gouvêa Vieira (PSDB), Teresa Bergher (PSDB), Paulo Pinheiro (PPS), Tio Carlos (DEM), Carlos Bolsonaro (PP), Leonel Brizola Neto (PDT), Eliomar Coelho (PSOL), Edison da Creatinina (PV), Roberto Monteiro (PCdoB), Reimont (PT) e Ivanir de Mello (PP).

Quem aceitou: Renato Moura (PTC), Carlinhos Mecânico (PPS) e Jorge Felippe (PMDB).

Quem não se pronunciou: Adilson Pires (PT), Alexandre Cerruti (DEM), Aloisio Freitas (DEM), Argemiro Pimentel (PMDB), Bencardino (PRTB), Carlo Caiado (DEM), Chiquinho Brazão (PMDB), Dr. Carlos Eduardo (PSB), Dr. Eduardo Moura (PSC), Dr. Fernando Moraes (PR), Dr. Gilberto (PT do B), Dr. Jairinho (PSC), Dr. João Ricardo (PSDC), Dr. Jorge Manaia (PDT), Eider Dantas (DEM), Elton Babu (PT), João Cabral (DEM), João Mendes de Jesus (PRB), Jorge Braz (PT do B), Jorge Pereira (PT do B), Jorginho da SOS (DEM), José Everaldo (PMN), Luiz Carlos Ramos (PSDC), Marcelo Arar (PSDB), Marcelo Piuí (PHS), Nereide Pedregal (PDT), Patrícia Amorim (PSDB), Paulo Messina (PV), Prof. Uóston (PMDB), Rosa Fernandes (DEM), Rubens Andrade (PSB), S. Ferraz (PMDB), Sonia Rabello (PV), Tania Bastos (PRB) e Vera Lins (PP).

Quem está preso: André Luiz Deco e Fausto Alves, sem partido (não têm direito ao carro).

.





0 comentários: