Movimento Pró-Democracia

Nossas lutas: * Conscientização Política da População * Instrução dos Direitos e Deveres do Cidadão * Fiscalização dos Processos Eleitorais

3 de out de 2009

Falcatruas na educação




Todos sabemos que o Rio de Janeiro, e o Brasil como um todo, passa por diversos problemas na educação. Professores mal pagos, alunos sem apoio, escolas ruindo, administração fraudulenta, falta de verba e, principalmente, falta de interesse político.

Seria muito interessante para um governo que a população se mantenha em certa medida ignorante e não tenha um bom acesso a educação, e, quando tem (no caso da educação pública), ela acaba sendo de péssima qualidade. Esse quadro é grave em instituições de nível fundamental e médio, felizmente as Universidades tem seu grau com certa qualidade, apesar de serem claramente destinadas à alunos que não precisem trabalhar, pois grande parte dos cursos são de período integral ou não possuem o turno noturno.

O descaso pela educação todos conhecemos, e quando aparece uma medida que em certo ponto parece ser positiva para a educação vemos que na verdade não é. Nestes últimos dias foi anunciado que o ENEM foi adiado, pois as questões das provas vazaram. E o que acontece? Adiam-se as provas. Sim, a medida corretiva foi a correta, reformule a prova e aplique em outro dia, porém não podemos nos esquecer ao fato que uma questão, ou duas, ou a prova toda, só vaza devido a um grau de corrupção. Não poderei fazer acusações, mas quem se interessa mais por tais questões, escolas preparatórias ou o filho de quem faz a prova?

Enquanto todo o Brasil se preocupa com a vitória do Rio de Janeiro como sede das Olimpíadas de 2016, temos estudantes se mobilizando no dia 1° de Outubro demonstrando insatisfação ao MEC e ao ENEM., e dia 5 se encontraram novamente na Cinelândia as 13:00, alguém viu isso nos jornais?

Aposto que tem muita gente que se satisfaz ao observar jovens se mobilizando politicamente defendendo os seus interesses. Falta a população brasileira esse espírito que reivindicações, não precisamos exigir coisas extremamente práticas, como a revogação de uma lei ou a aprovação de outra, mas sim exigir que as coisas funcionem como devem funcionar. E é isso que estes estudantes estão fazendo, gritando para que o vestibular seja levado a sério e que os jovens possam acessar a universidade sem ter que espernear.

Sei que você, caro leitor, pode ler este post e perguntar: "ta, e o que isso tem a ver com o MPD?". Na verdade tem muita coisa, a luta pelos direitos e pelo bom exercício das ações do poder público é uma luta de todos nós. É também de extrema importância vermos mobilizações de pessoas em diversas causas que contribuam para a boa vida pública, aquela vida onde o cidadão mete o bedelho onde deve meter sem se esconder atrás do escudo esdrúxulo do "político é tudo ladrão, tem tudo que morrer!". Ok, e aí? O que você, caro cidadão "politizado", faz para que a corrupção não corroa a nossa sociedade? Oh, esqueci, você chinga o político.

Vemos jovens fazendo o que era feito em massa somente no passado, no glorioso Impeachment e no movimento a favor do Voto Direto. Infelizmente nossa sociedade não tem tradição política, só cultural. Mas vemos aí jovens lutando para serem RESPEITADOS. Uma necessidade básica para a boa vida pública, não?!
 

0 comentários: